16 de out de 2010

Correr...

Correr, correr e não chegar a lugar algum. A vida às vezes parece uma esteira ergométrica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário