31 de dez de 2010

Um 2011 arretado! - por Túlio Ratto

Um ano novo bem arretado pra vocês tudim !!!!

Conselhos de um nordestino para um 2011 bem pai d’égua.
    
Sobre as suas metas para o Ano Novo

- Anote os seus querê e pendure num lugar que você enxergue todo dia.
- Mermo que seus objetivos estejam lá prá baixa da égua, vale à pena correr atrás. Não se agonie e   nem esmoreça. Peleje.
- Se vire num cão chupando manga e mêta o pé na carreira, pois pra gente conseguir o que quer, tem é Zé.
-    Lembre que pra ficar estribado é preciso trabalhar. Não fique só frescando.

Sobre o amor

- Não fique enrolando e arrudiando prá chegar junto de quem você gosta. Tome rumo, avie, se avexe.
- Dê um desconto prá peste daquela(e) cabrita (o) que só bate fofo com você.  Aperreia ela (e). Vai que dá certo e nasce um bruguelim réi amarelo.
- Você é uma corralinda. Se você ainda não tem ninguém, não pegue qualquer marmota. Escolha uma corralinda igual a você.
- Não bula no que tá quieto. Num seja avexado(a), pois de tanto coisar com um(a), coisar com outra(o), você acaba mesmo é com um  chapéu de touro.
- As(os) cabritas num devem se agoniar. O certo é pastorar até encontrar alguém pai d'égua. Num devem se atracar com um(a) cabra peba, malamanhado(a) e fulerage. O segredo é pelejar e não desistir nunca. Num peça pinico e deixe quem quiser mangar. Um dia vai aparecer um machoréi(muleréia) da sua bitola.

Sobre o trabalho

- Trabalhe, num se mêta a besta. Quem num dá um prego numa barra de sabão num tem vez não.  
- Se você vive fumando numa quenga, puto nas calças e não agüenta mais aquele seu  chefe réi fulerage, tenha calma, não adianta se ispritar.
Se ele não lhe notou até agora é porque num tá nem aí se você rala o bucho no trabalho. Procure algo melhor e cape o gato assim que puder.
- Se a lida não está como você quer, num bote boneco, num se aperreie e nem fique de lundu. Saia com aquele magote de amigos e amigas pra tomar uns merol.
Tome umas meiotas e conte uma ruma de piadas que tudo melhora.

Sobre a sua vidinha

- Você já é um cagado(a) só por estar vivo. Pense nisso e agradeça a Deus.
- Cuide bem dos bruguelos. Dê sempre mais que o sustento, pois eles lhe dão o aconchego no fim da lida.
- Não fique resmungando e batendo no quengo por besteira. Seje macho (mulé) e pense positivo.
- Num se avexe, num se aperreie e nem se agonie. Num é nas carreira que se esfola um preá.

Arrumação motivacional

- No forró da entrada do ano, coma aquela gororoba até encher o bucho. É prá dar sorte, mas cuidado, senão dá gastura.
- Tome um burrim e tire o gosto com passarinha ou panelada que é prá num perder a mania.

Prá começar o ano dicunforça:
- Reflita sobre as besteiras do ano passado e rebole no mato os maus pensamentos.
- Murche as orêia, respire fundo e grite bem alto: Sai mundiça !!!

Ah, e não esqueça do grito de guerra, que é prá dar mais sorte ainda:
Queima fulerage !!!

Agora é só levantar a cabeça e desimbestar no rumo da venta ue vai dar tudo certo em 2011, afinal de contas você é NORDESTINO (a).

E para os que não são da terrinha, mas são doidim prá ser, nosso desejo é que sejam tão felizes quanto nós.
 
Peeeeennnnse num ano que vai ser muito bom. 

Túlio Ratto
@TulioRatto
Chargista e editor da revista Papangu

30 de dez de 2010

Fotos de Luísa Ubarana












Fotos de Luísa Ubarana (@luisaubarana)
* Todos os direitos reservados

Mensagem do Dia

Um homem que quiser conduzir a orquestra tem que virar as costas para a multidão. É uma questão de foco: sua música ou o povo!

29 de dez de 2010

DESAPEGO

Vivemos uma época de celebridades, apelos fáceis à riqueza, ao consumismo, às paixões avassaladoras. Transitamos aturdidos por um mundo em que o destaque vai para aquele que mais tem.

E a todo instante os comerciais de televisão, os anúncios nas revistas e jornais, os outdoors clamam: "Compre mais. Ostente mais. Tenha mais e melhores coisas."

É um mundo em que luxo, beleza física, ostentação e vaidade ganharam tal espaço que dominam os julgamentos.

Mede-se a importância das pessoas pela qualidade de seus sapatos, roupas e bolsas.

Dá-se mais atenção ao que possui a casa mais requintada ou situada nos bairros mais famosos e ricos.

Carros bons somente os que têm mais acessórios e impressionam por serem belos, caros e novos. Sempre muito novos.

Adolescentes não desejam repetir roupas e desprezam produtos que não sejam de grife. Mulheres compram todas as novidades em cosméticos. Homens se regozijam com os ternos caríssimos das vitrines.

Tornamo-nos, enfim, escravos dos objetos. Objetos de desejo que dominam nosso imaginário, que impregnam nossa vida, que consomem nossos recursos monetários.

E como reagimos? Será que estamos fazendo algo - na prática - para combater esse estado de coisas?

No entanto, está nos desejos a grande fonte de nossa tragédia humana. Se superarmos a vontade de ter coisas, já caminhamos muitos passos na estrada do progresso moral.

Experimente olhar as vitrines de um shopping. Olhe bem para os sapatos, roupas, jóias, chocolates, bolsas, enfeites, perfumes.

Por um momento apenas, não se deixe seduzir. Tente ver tudo isso apenas como são: objetos.

E diga para si mesmo: "Não tenho isso, mas ainda assim eu sou feliz. Não dependo de nada disso para estar contente".

Lembre-se: é por desejar tais coisas, sem poder tê-las, que muitos optam pelo crime. Apossam-se de coisas que não são suas, seduzidos pelo brilho passageiro das coisas materiais.

Deixam para trás gente sofrendo, pessoas que trabalharam arduamente para economizar...

Deixam atrás de si frustração, infelicidade, revolta.

Mas, há também os que se fixam em pessoas. Vêem os outros como algo a ser possuído, guardado, trancado, não compartilhado.

Esses se escravizam aos parceiros, filhos, amigos e parentes. Exigem exclusividade, geram crises e conflitos.

Manifestam, a toda hora, possessividade e insegurança. Extravasam egoísmo e não permitem ao outro se expressar ou ser amado por outras pessoas.

É, mais uma vez, o desejo norteando a vida, reduzindo as pessoas a tiranos, enfeiando as almas.

Há, por fim, os que se deixam apegar doentiamente às situações.

Um cargo, um status, uma profissão, um relacionamento, um talento que traz destaque. É o suficiente para se deixarem arrastar pelo transitório.

Esses amam o brilho, o aplauso ou o que consideram fama, poder, glória.

Para eles, é difícil despedir-se desse momento em que deixam de ser pessoas comuns e passam a ser notados, comentados, invejados.

Qual o segredo para libertar-se de tudo isso? A palavra é desapego. Mas... Como alcançá-lo neste mundo?

Pela lembrança constante de que todas as coisas são passageiras nesta vida. Ou seja: para evitar o sofrimento, a receita é a superação dos desejos.

Na prática, funciona assim: pense que as situações passam, os objetos quebram, as roupas e sapatos se gastam.

Até mesmo as pessoas passam, pois elas viajam, se separam de nós, morrem...

E devemos estar preparados para essas eventualidades. É a dinâmica da vida.

Pensando dessa forma, aos poucos a criatura promove uma auto-educação que a ensina a buscar sempre o melhor, mas sem gerar qualquer apego egoísta.

Ou seja, amar sem exigir nada em troca.

Extraída do site: www.reflexao.com.br

22 de dez de 2010

Momentos na Favela do Maruim

Durante a entrega de cestas básicas na favela do Maruim, organizada pelo fotógrafo e amigo Canindé Soares (Twitter: @canindesoares), registrei alguns momentos de lá.

As crianças eram as mais empolgadas sempre me abordando para fotografá-las e claro, assim o fiz. Vejamos:

Algumas fotos são para refletirmos. Outras para vermos como as crianças mantém o sorriso nos rostos, apesar de toda dificuldade enfrentada no dia-a-dia. 


























17 de dez de 2010

O Caminho da Vida - Charles Chaplin

 
O caminho da vida pode ser o da liberdade e da beleza, porém nos extraviamos.

A cobiça envenou a alma dos homens... levantou no mundo as muralhas do ódios... e tem-nos feito marchar a passo de ganso para a miséria e morticínios.


Criamos a época da velocidade, mas nos sentimos enclausurados dentro dela. A máquina, que produz abundância, tem-nos deixado em penúria.


Nossos conhecimentos fizeram-nos céticos; nossa inteligência, empedernidos e cruéis. Pensamos em demasia e sentimos bem pouco.


Mais do que de máquinas, precisamos de humanidade. Mais do que de inteligência, precisamos de afeição e doçura. Sem essas virtudes, a vida será de violência e tudo será perdido.


(O Último discurso, do filme O Grande Ditador)
Charles Chaplin

14 de dez de 2010

Mensagem do Dia

“Podemos dar um barco a uma pessoa, podemos colocar o barco na água, podemos colocar essa pessoa no barco, podemos dar os remos a essa pessoa, mas para o barco andar, só se essa pessoa quiser.”  
(Sabedoria Chinesa)


12 de dez de 2010

É Natal... Paz na Terra!


Paz na terra, entre todos os homens de boa vontade. 

Paz àquele que anseia crescer, evoluir, entender. 

Paz àquele que deseja em cada pensamento, em cada atitude, se melhorar. 

Paz àquele que mergulha, dentro do próprio ser, a busca de entendimento, de aceitação. 

Paz àquele que estende a mão a procura de bênçãos. 

Paz àquele que abençoa com alegria e pureza de coração. 

Paz àquele que em um sorriso traz calma, tranqüilidade, equilíbrio. 

Paz àquele que procura ensinamentos e que através do pensamento, neste momento único em que todos os homens se irmanam, ao dobrar dos sinos, esteja em oração.

Paz àqueles que abrem seus corações em luzes puras, amorosas, magneticamente salutares, que envolvem a terra e permitem, neste raro momento, que ela brilhe, suspensa no espaço, girando em tons azuis, iluminando todo o infinito, abrandando aflitos... 

Paz enfim Senhor, a todos os seres que habitam este universo e que rimam amor e dor... 

Que a luz se faça e que refaça em todos os homens a fé renovadora, a força e a coragem, a inteligência, a razão. 

Que os homens se irmanem na escalada da perfeição. 

Que se unam em pensamento todos os de boa vontade. E que nesta noite busquem a Paz.

Josué



Fotos: Pedro Henrique

9 de dez de 2010

Mensagem do Dia

"Jamais se desespere em meio as sombrias aflições de sua vida, pois das nuvens mais negras cai água límpida e fecunda." 
Provérbio Chinês

7 de dez de 2010

Fotos - Esporte

 Foto:  REUTERS/Issei Kato

Foto: REUTERS/Philip Brown
 
 Foto: REUTERS/Mike Blake

Foto: REUTERS/Wolfgang Rattay


Foto: REUTERS/Alessandro Bianchi


Foto: REUTERS/Osman Orsal


Foto: REUTERS/Joerg Mitter for Global-Newsroom/Handout


Foto: REUTERS/Larry Papke


Foto: REUTERS/Dylan Martinez


Foto: REUTERS/Michael Kooren


Foto: REUTERS/Issei Kato


Foto: REUTERS/Kai Pfaffenbach


Foto: REUTERS/Stefano Rellandini
 
Foto: REUTERS/Adam Hunger


Foto: REUTERS/Aaron Josefczyk


Foto: REUTERS/Tim Shaffer

ALGUMA FOTOS QUE MARCARAM O ESPORTE EM 2010.
EXTRAÍDAS DO SITE: http://totallycoolpix.com