7 de abr de 2011

Lições de Planejamento inspiradas em Garrincha

Lições aprendidas através de 2 histórias do craque Garrincha:

História 1: 

No treino logo antes de um jogo da seleção o técnico fala para Garrincha:
- Garrincha, é o seguinte. Você pega a bola pelo canto, entra na área, dribla o zagueiro russo e toca pro Vavá fazer o gol.

Eis que então, com grande sabedoria e espírito de planejador, Garrincha responde:
 
- Tudo bem professor. Mas você também combinou isso com o zagueiro russo?

Moral da história: Planejar é fundamental, mas não conte com o que não está sob sua influência direta.




História 2
 
Em outro treino, o técnico passa as instruções para Garrincha:
 
- Garrincha, é o seguinte. Você pega a bola na intermediária, dribla o Joãozinho, entra na área e chuta no canto esquerdo pra fazer o gol.

Em certo momento do jogo Garrincha pegou a bola na intermediária e partiu pra área. Nisso, ele driblou o primeiro zagueiro e saiu da área. Foi em direção ao segundo zagueiro, o driblou e saiu da área. Depois, ele ainda fez questão de driblar o volante para só então entrar na área e fazer o gol.

Já no vestiário, o técnico comenta:
- Po Garrincha, bacana o que você fez, foi um golaço. Mas por que você enrolou tanto para fazer o gol?

Eis que então, Garrincha responde:
- Professor, você me falou pra driblar o Joãozinho e depois fazer o gol. Como eu não sabia qual deles era o Joãozinho, preferi driblar os 3 só pra garantir.

Moral da história: Missão dada, missão cumprida.




Conclusão
Ninguém pode afirmar que de fato esses diálogos ocorreram e não podemos levar essas lições ao pé da letra, mas quem precisa lidar diariamente com a diferença entre o plano e a realidade com certeza se identifica com essas situações.

Adaptado do texto de Millor Machado, do site: saia do lugar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário